Sabores de antigamente

Pratos com História

A região do Minho usa técnicas tradicionais com receitas elaboradas como forma de interpretar a cozinha popular enraizada nas velhas tradições. Tem uma fortíssima ligação às suas origens, mantendo ao máximo a sua preservação e as tradições ancestrais, que marcam a identidade não só da região mas, sobretudo, de um povo.Cozinhar no fogo e controlar as altas temperaturas é cada vez mais um desafio inovador que nos faz lembrar os nossos antepassados e momentos vividos na casa dos mais antigos.O retiro da cabreira criou essas condições e está a implementa-las na gastronomia minhota e confecção de produtos locais que faz renascer sabores únicos.

cabrito da serra da cabreira

O cabrito da Serra da Cabreira apresenta-se de pequena corpulência em pastoreio extensivo na serra de declives fortemente acentuados.

Um prato genuíno de qualidade e sabor, apurado no nosso forno a lenha e o tempo necessário para juntar todos os sabores da montanha.

Disponível: 8, 11 e 18 de Dezembro ( por reserva obrigatória com antecedência)

Papas de sarrabulho e rojões com castanhas

A tradição mantém-se no Retiro da Cabreira…
Prato gastronómico minhoto com grande tradição na época de inverno e nos dias mais frios, uma delicia caseira feita com muita tradição e amor.
As papas de sarrabulho são um prato típico da culinária portuguesa. São oriundas da região do Minho no norte de Portugal.
Com a “matança” do porco Bísaro característico da nossa região e com as “miudezas” criamos esta iguaria única e deliciosa.

Disponível: 17 e 18 de Dezembro ( por reserva obrigatória com antecedência)

Bacalhau com broa

Uma maravilha Gastronómica, prato típico com o melhor azeite e broa de milho da nossa terra , que nos faz recordar os sabores de antigamente.

Disponível: 10 e 17 de Dezembro ( por reserva obrigatória com antecedência)

Tradicional cozido

Iniciamos assim ao Sábado , Domingo e outros dias (por reserva) a servir o tradicional cozido, um produto da época com as melhores carnes e uma seleção de fumeiro típico.

E claro o tratamento divino nos potes de ferro á lareira.

 

Disponível: a partir de 7 de Janeiro ( por reserva obrigatória com antecedência)

“ervas aromáticas da serra da cabreira , um pretexto na nossa cozinha”